A exoneração do secretário de Política Agrícola, Neri Geller, foi publicada em edição do Diário Oficial da União, na madrugada desta quarta-feira (12). A portaria indica que a demissão partiu do próprio governo.

A saída de Geller do Ministério da Agricultura acontece após o governo federal anular o leilão para importação de 263 mil toneladas de arroz. A Conab justificou que há indícios de incapacidade técnica e financeira de algumas empresas vencedoras.

Um ex-assessor de Geller, que também é sócio do filho do então secretário em uma empresa, foi um dos negociadores do leilão. Isso fez com que a oposição e associações de produtores alegassem um suposto favorecimento.

Na terça-feira (11), o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, afirmou que Geller havia pedido demissão.

g1