O deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES) disse que a primeira-dama, Janja Lula da Silva, “não deixa” o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ter um celular e sugeriu que o motivo seria ciúmes.

“Porque o atual presidente não tem nem telefone, não tem rede social, não lê jornal. […] Quem manda nele é aquela abóbora que anda do lado dele”, disse o deputado durante a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do 8 de Janeiro.

E continuou: “[…] Nós queremos saber também porque ele [Lula] não tem telefone, porque a Janja não deixa. Não sei se é ciúme do marido ou para proteger o presidente da República”.

Depois da fala de Evair, a senadora Eliziane Gama (PSD-MA) pediu respeito a primeira-dama e indicou sexismo na fala. “A opinião, que eu acho que é uma opinião de mal-gosto, acerca da primeira-dama e que acho que beira ao sexismo. As mulheres brasileiras, na verdade, precisam ser respeitadas.”

Poder 360