12.09.2018 | Geral Prefeitura do Natal não repassou recursos de servidores para Natalprev, afirma Sandro Pimentel

A Prefeitura Municipal de Natal  deixou de repassar para o Natalprev,Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município do Natal, cerca de R$ 32 milhões entre janeiro e junho desse ano. É o que afirma o vereador Sandro Pimentel (PSOL) a partir de uma análise feita em planilhas disponibilizadas no portal da transparência da Prefeitura.

A intenção do vereador do PSOL é aprovar na sessão plenária da Câmara Municipal de Natal desta quinta, 13, a convocação do Presidente da Natalprev,  Thiago Costa Marreiros, para que sejam dados os devidos esclarecimentos sobre os valores não repassados pela Prefeitura.  A denúncia também  será protocolada no Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

Com a ajuda de técnicos em contabilidade, o vereador detectou que a Prefeitura não repassou R$ 8.346.000, 00 em contribuições dos servidores para o Fundo Capitalizado de Previdência (FUNCAPRE). As contribuições dos servidores, 11% dos vencimentos, são descontadas em folha e não podem ser usadas pela administração municipal.

Além disso, foi detectado que  a Prefeitura também não fez nenhum repasse, entre janeiro e junho, das obrigações patronais com a previdência dos servidores. Segundo a denúncia, o executivo municipal deveria ter repassado R$ 22.290.000,00  ao FUNCAPRE. Contudo, na planilha as áreas referentes ao repasse da Prefeitura estavam preenchidas com zero.

Soma-se ao rombo cerca de R$ 1,4 milhão em contribuições patronais obrigatórias que não foram repassadas para o Fundo Financeiro de Previdência (FUNFIPRE), também gerido pela Natalprev.

“A Prefeitura precisa explicar onde está esse dinheiro, reter os recursos dos servidores é apropriação indevida. A aposentadoria dos servidores ficará ameaçada se esses recursos não forem depositados nos fundos previdenciários geridos pela Natalprev”, afirmou o vereador Sandro Pimentel. 

ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias