25.01.2018 | Geral Pavilhão do Governo na Fiart é vitrine para o artesanato potiguar

A Feira Internacional de Artesanato (Fiart) é um espaço de grande importância econômica e de divulgação do artesanato potiguar, uma vitrine que populariza e incentiva a produção de várias tipologias de artesanato como: renda, bordados, madeira, pedras, argila, material reciclado, entre outros. É uma feira diversificada que mistura cultura popular, gastronomia e arte.

No pavilhão do Governo do RN, 205 artesãos potiguares estão participando em cerca de 90 estandes, com uma área 1.020 metros quadrados, pensada para expor o melhor do artesanato. Segundo Salmira Torres, coordenadora do Programa Estadual de Artesanato (Proarte), os artesãos têm a oportunidade de vender seus produtos e divulgar seus negócios, gerando encomendas que darão frutos pós-Fiart.

A diversidade de artesanato é muito grande, pois a seleção pública realizada pela Sethas, teve como critério escolher as mais variadas tipologias do nosso artesanato, dando assim oportunidade para artesãos experientes e novatos participarem da feira.

A artesã Shirley Eliane, de Assú, trabalha há 3 anos com artesanato e participa pela primeira vez da Fiart. Ela trabalhava em uma fábrica de costura, mas quando foi demitida encontrou no artesanato uma nova fonte de renda.” É um prazer participar dessa feira tão grande e comercializar meus produtos que faço com muito amor e dedicação” disse.

A Fiart é também um espaço de inovação e de novas ideias como a do artesão João César, de 32 anos, que participa pela primeira vez da Fiart e já está lançando sua marca “Jota Criativo”, que une o artesanato em concreto e o designer, criando peças decorativas requintadas e elegantes para ambientes modernos.

“É gratificante quando as pessoas gostam das peças, compram e até encomendam. O vínculo com o cliente, que a feira proporciona, é o mais importante que levamos para casa depois que ela acaba”, ressalta João César.

Além do artesão individual, existe a participação de cooperativas, associações e projetos sociais, como o dos Centros Educacionais (CEDUC) de Natal e Caicó, que comercializam artesanato produzidos por adolescentes que cumprem medidas socioeducativas.

“Eles participam de oficinas para produzirem o material que está sendo comercializado e metade do lucro vai para o adolescente que produziu a peça e metade vai para compra de material para que outros possam aprender. Esse espaço disponibilizado pelo governo é importante para o projeto”, explica Leisa Rose, funcionária da Fundac.

Outro projeto social que também está presente da feira é o Transforme, que ensina artesanato e incentiva o empreendedorismopara reeducandas do semiaberto do pavilhão feminino da penitenciária João Chaves.

“São 17 garotas que trabalham no atelier em Nova Parnamirim produzindo bolsas e acessórios de tecidos de algodão, pedraria, entre outros. E a Fiart é uma oportunidade para comercializar o trabalho delas”, explica Maria da Glória, coordenadora de eventos do projeto.

A 23ª edição Fiart segue até domingo (28), no Centro de Convenções de Natal, das 16 às 22h. São esperadas mais de 70 mil visitantes até o fim da feira. Em 2017, a Feira movimentou R$ 9,7 milhões com a venda de produtos e a promoção do artesanato.

25.01.2018 | Geral Show de personagens nas férias de Verão do Partage Norte Shopping

Finalizando as ações das Férias de Verão do Partage Norte Shopping, neste domingo (28), tem apresentação especial dos personagens mais amados pela galerinha. A partir das 14h, a Praça de Alimentação do empreendimento vai receber um pocket show da Cia Era Uma vez, seguido de sessão de fotos com os presentes.

Diversão também combina com cinema, sendo assim, não podia faltar uma programação especial para toda a família aproveitar junto e o Cinépolis trouxe diversos lançamentos infantis. Entre eles, “Viva”, “Jumanji”, “O Touro Ferdinando”, “Pluft”, “Maze Runner” e “Correndo atrás de um pai”. A programação completa está disponível no www.partagenatal.com.br.

Ainda no 2º piso, o Puppy Play garante a brincadeira com as máquinas mais iradas e as novidades dos games eletrônicos, que vão fazer a garotada gastar muita energia, enquanto os pais relaxam ao som da Varanda Musical, que funciona diariamente, das 19h às 22h, com muita música boa e uma vista exclusiva da Cidade.

Serviço:

Férias de Verão – Show de Personagens

Local: Praça de alimentação do Partage Norte Shopping

Horário: A partir das 14h

Telefone: (84) 3674-8200 | 98189.8899 (WhatsApp)

Endereço: Av. Doutor João Medeiros Filho, 2395 – Potengi

Facebook: partagenatal | Twitter e Instagram: @partagenatal

24.01.2018 | Geral Com apoio do Governo do RN, Campus Party Natal acontece de 11 a 15 de abril

Já tem data a 1ª edição da Campus Party Natal: 11 a 15 de abril. O evento inédito no estado será realizado na capital potiguar depois de uma série de reuniões entre o Governo do RN, através do Gabinete Civil, e o Fórum de Reitores, professores universitários, Câmara Municipal e Prefeitura do Natal. A formalização se deu em julho passado, quando foi assinada a carta de compromisso para realização do evento, pelo governador Robinson Faria.

Divulgada nas redes sociais como #CPJerimum e batizada como a Edição Aeroespacial, o evento terá ativações inéditas, como o Primeiro Campeonato Mundial de Protótipos de Foguetes, em parceria com Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, e simuladores de Marte. A expectativa da organização é uma média de 45 mil pessoas participem e visitem o festival no RN, estado onde vive o embaixador do Campus Party no Brasil, Dino Lincoln, que também é professor da UFRN.

Ano passado, o chefe do Executivo estadual visitou a feira em Salvador (BA) e oficializou a edição potiguar no Centro de Convenções, em Natal. Na ocasião o governador sorteou entre os participantes da Campus Party Bahia um ingresso com barraca de camping e passagem para o Festival potiguar, oferecidos pela organização do evento baiano

Campus Party

Organizado pelo Instituto Campus Party em 2009 com o objetivo de incentivar as áreas cultural, educacional, desenvolvimento tecnológico e de inclusão digital, o festival é considerado uma das maiores experiências tecnológicas do mundo. No Brasil, já aconteceu em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Pato Branco (PR), Recife e Salvador.

A cada edição, o evento conta com programações 24 horas durante cinco dias. Os participantes pagam ingresso para acampar no local e participar de maratonas de inovação, parcerias para aplicativos e outros projetos com foco em tecnologia. A programação inclui troca de conhecimento, conteúdo e informação por meio de experiências tecnológicas, palestras, debates e workshops.

24.01.2018 | Geral Após denúncia ao MPRN, Rocam prende a traficante mais procurada do Estado

Andreza Cristina Lima Leitão, a Andreza Patroa, foi presa na tarde desta quarta-feira (24), em Ponta Negra
Uma das traficantes mais procuradas do Rio Grande do Norte foi presa na tarde desta quarta-feira (24), após uma informação enviada ao Disque Denúncia 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN. Andreza Cristina Lima Leitão, a Andreza Patroa, foi presa por uma equipe das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), da Polícia Militar, no bairro de Ponta Negra, zona Sul de Natal. Andreza Patroa responde a processos por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa e é condenada a mais de 10 anos de detenção. Ela vai cumprir pena em uma unidade do sistema prisional potiguar.
Andreza Patroa era uma das chefes do tráfico de drogas na comunidade dos Coqueiros, área dominada por uma facção criminosa no bairro de Lagoa Nova. Segundo investigações do MPRN, anteriormente o tráfico de drogas na comunidade era comandado por Elinaldo César da Silva, o Sardinha, morto em 10 de setembro de 2016. No momento do crime, Andreza chegou a ser atingida por disparos na perna, foi socorrida para o hospital, mas deixou o local antes de ser atendida.
Segundo informações apuradas pelo Gaeco, Andreza Patroa era a companheira de Sardinha, com quem teve filhos. Depois da morte do traficante, Andreza e o irmão dela, José Alexandre Lima Leitão, conhecido como Espiga, “herdaram” as bocas de fumo de Sardinha na comunidade de Coqueiros. A criminosa é considerada uma das maiores traficantes femininas do Rio Grande do Norte. Ela estava foragida e acumula três processos em andamento na Justiça potiguar, sendo dois por tráfico de drogas e um por integrar organizar criminosa.

24.01.2018 | Geral Ipern responde dúvidas da Assembleia sobre medidas do RN Urgente

O Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Norte (Ipern) recebeu cinco diligências da Assembleia Legislativa relativas ao pacote de medidas de ajuste fiscal RN Urgente. Por tratar-se de demandas mais complexas e cujas respostas não são exclusivas do Executivo, mas também precisam ser coletadas nos poderes e no Banco do Brasil, em Brasília, esse levantamento de informações leva um tempo maior para ser realizado. Além disso, é necessário submeter o material ao Conselho Estadual de Previdência Social (CEPS).

Das cinco diligências, duas já passaram pelo Conselho Previdenciário, que se reuniu na última sexta-feira (19) e concluiu a análise na segunda (22). Essas diligências já foram encaminhadas à Assembleia Legislativa.

Com relação à mensagem 50/2015, que trata da Previdência Complementar, e as diligências referentes às mensagens 182/2018, referente a utilização dos recursos do Funfir e 183/2018, sobre a responsabilidade do recolhimento das contribuições dos poderes, a assembleia solicitou a realização de cálculo atuarial, impacto financeiro e orçamentário.

O presidente do Ipern, José Marlúcio explicou que “essas solicitações estão sendo trabalhadas, mas o cálculo atuarial, bem como os impactos financeiro e orçamentário dependem de um estudo mais aprofundado, requerem discussões técnicas, assim como definição das diretrizes de investimento entre outros critérios necessários para elaboração de uma avaliação atuarial consistente. Para isso é necessária uma demanda maior de tempo”.

As duas solicitações que passaram pelo Conselho Previdenciário já foram respondidas. A primeira tratava sobre o aumento da alíquota da contribuição previdenciária de 11% para 14% e o conselho foi contra. A segunda era sobre mudanças na legislação, principalmente nas pensões. As modificações foram aprovadas pelo Conselho.

24.01.2018 | Geral Empresários apresentam proposta de nova lei para o setor

Empresários do comércio da cidade apresentaram, em reunião realizada nesta quarta-feira (24), na Câmara Municipal, proposta que visa a criação de uma nova legislação específica de apoio às pequenas empresas  de Natal. A minuta da lei foi recebida pelo presidente da Câmara, vereador Raniere Barbosa (PDT), que falou sobre a importância de discutir novas propostas para o desenvolvimento do setor.

“Recebemos a minuta de uma nova lei que visa fomentar a economia da cidade, uma lei que vai dar segurança jurídica para que as pequenas e médias empresas possam funcionar e oferecer serviços para a população natalense”, afirmou Raniere Barbosa.

De acordo com Zeca Melo, superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a nova legislação beneficiará 80 mil pequenos empresários de Natal. “Nosso propósito é, através dessa minuta, preparar a Câmara Municipal para uma discussão sobre uma legislação específica que vai beneficiar cerca de 80 mil micro-empresários da cidade”, disse Zeca Melo.

Segundo o representante do Sebrae, a lei municipal, baseada no estatuto da micro-empresa, é uma lei antiga e não abrange os problemas da cidade.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), Augusto Vaz, explicou que a nova lei prevê que os pequenos empresários regularizem seus negócios com mais facilidade. “O pequeno empresário, aquele sapateiro, a costureira, o dono da lojinha do bairro, precisa de um tratamento diferenciado e um dos objetivos da nova legislação é facilitar a conquista das licenças, dos alvarás de funcionamento, pelos micro-empresários”.

A reunião contou com a participação de representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Norte (FCDL), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação das Industrias, Fecomércio, dos vereadores Nina Souza (PEN), Sueldo Medeiros (PHS), Júlia Arruda (PDT), Kleber Fernandes (PDT) e Robson Carvalho (PMB).

“Precisamos discutir essa minuta porque é um setor que gera renda para o município, é um setor que emprega, e que sofre com ausência de legislação e com a grande quantidade de burocracia”, disse a vereadora Nina Souza.

“A Câmara Municipal vai aguardar o Poder Executivo enviar o Projeto e em seguida os vereadores poderão apreciar com tranquilidade e responsabilidade”, completou o vereador Sueldo Medeiros.

23.01.2018 | Geral Parque da Passagem é o primeiro cemitério do RN a adotar sistema de energia solar 

Projeto deve gerar uma economia média mensal de 8,43 toneladas de gás carbônico, contribuindo para a preservação do meio ambiente 

Confiável, inesgotável e gratuita, a energia produzida pelo sol é considerada como uma das mais limpas, pois não polui e nem gera resíduo.Nesta semana, o cemitério Parque da Passagem, em Extremoz, que pertence ao Grupo Vila, deu início ao uso deste recurso. Com a novidade, a empresa é a primeira do segmento funerário do Rio Grande do Norte a contar com o uso dessa fonte sustentável de energia.  

Para o diretor do Grupo, o empresário Eduardo Vila, o projeto pioneiro e inovador no Estado está alinhado à tendência mundial, que é consumir de maneira consciente, buscando formas de diminuição dos impactos causados no meio ambiente e, assim, contribuir para que as futuras gerações ganhem mais qualidade de vidaA sustentabilidade ambiental é uma das missões adotadas pela nossa empresa. Por isso, sempre buscamos formas inovadoras e atuais para contribuir com a preservação do meio ambiente. Contar com a geração de energia solar em um de nossos cemitérios, além de gerar economia para empresa, minimiza o impacto ambiental gerado pelas mais diversas atividades que realizamos”, revela.  

sistema utilizado no local possui 204 placas fotovoltaicas e potência instalada superior a 66kWp. Por mês, o projeto do Grupo Vila deve gerar uma economia média de 8,43 toneladas de Gás Carbônico (CO2), responsável pelo efeito estufa. Para se ter uma ideia de como isso é positivo, para absorver essa quantidade de CO2, seria necessário o plantio de 500 árvores por ano.   

A instalação das placas pode ser realizada tanto em construções finalizadas, como em obras que estão em andamento. O Brasil desponta com um dos países no mundo com índice de insolação ideal para a exploração desta fonte de energia. De acordo com Eduardo Oliveira, diretor daMegga Solar, empresa responsável pelo projeto do Parque da Passagem, o sistema instalado no cemitério é eficiente e de baixa manutenção. “Os módulos não precisam de constantes reparos e a garantia é de 25 anos de eficiência”, explica. 

A energia gerada a partir do funcionamento do novo sistema poderá ser utilizada por outras empresas que formam o Grupo, como o cemitério Morada da Paz, em EmaúsParnamirim. Isto acontece porque a capacidade de energia produzida no Parque da Passagem pode ser superior ao que é gasto na unidade. O excedente desta produção será lançado na rede da Cosern, tornando-se crédito que pode ser aproveitado por outros locais onde a conta possui o mesmo número de CNPJ.  

O investimento é de cerca de R$ 260 mil, viabilizado por meio de um financiamento do Banco do Nordeste (BNB), por meio de uma linha de crédito especifica para facilitação de ações de sustentabilidade da região. As parcelas de pagamento foram ajustadas para que sejam um valor próximo ao que é pago mensalmente à Cosern. Com uma economia em torno de 95% na conta, dentro de cinco anos o Grupo Vila terá recuperado o valor investido.

Um critério exigido no financiamento do BNB é que na implantação dos projetos, parte dos produtos utilizados seja de origem nacional. Ou seja, além do compromisso com o meio ambiente, o projeto do Parque da Passagem valoriza a indústria brasileira.

23.01.2018 | Geral Justiça obriga Caern a suspender cobranças indevidas por substituição de hidrômetro

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) foi obrigada pela Justiça a suspender uma série de cobranças consideradas indevidas feitas a um consumidor. A decisão foi dada em tutela de urgência em uma ação proposta pela Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN). O consumidor estava sendo cobrado pela instalação de um hidrômetro substituído desnecessariamente e teve o abastecimento de água suspenso.

Na ação, o cliente e alguns vizinhos relataram que passaram, em março de 2017, por problemas no abastecimento de água em suas casas. Na época, o consumidor formalizou uma solicitação e a Caern efetuou a desobstrução da tubulação e em seguida a troca do hidrômetro da unidade consumidora. Segundo a empresa, o novo equipamento deveria ser pago pelo consumidor, o que gerou uma fatura de R$ 1.142,69, dos quais R$ 210,89 seriam da aquisição de hidrômetro, R$ 509,52 por um suposto consumo não faturado e uma multa por infração no valor R$ 383,20.

Na ação, o cliente registrou que não efetuou o pagamento e que abriu reclamação junto a Caern, questionando a aplicação da multa, assim como a instalação de novo hidrômetro, uma vez que não praticou qualquer infração, tampouco efetuou suposto “gato” na encanação. “Além disso, não foi apresentado qualquer laudo pericial ao requerente do hidrômetro retirado da sua unidade residencial, tampouco lhe foi oportunizado o direito de defesa em sede de processo administrativo para apuração da referida multa, tendo sido apenas imposta a aplicação desta, sem a devida apuração dos fatos”, explica a defensoria em suas alegações iniciais.

Mesmo diante dos fatos, a Caern suspendeu o abastecimento de água do cliente em Outubro de 2017, situação que persistiu por mais de três meses. Diante de todos esses transtornos, a Justiça deferiu o pedido da Defensoria e suspendeu a cobrança alegando que “não se enxerga a prática de infração contratual por parte do demandante que justifique a imposição de multa sancionatória e a cobrança por período não faturado e pela substituição do hidrômetro da unidade consumidora”.

A decisão determina ainda que a Caern reemita as faturas em aberto com a exclusão das cobranças feitas indevidamente, sob pena de multa diária no valor de R$ 100,00. A ação agora segue para o julgamento do mérito, onde a Defensoria pede a aplicação de uma indenização por danos morais no valor de R$ 20.000,00 devido a interrupção indevida do fornecimento de água.

Processo de número: 0800593-69.2018.8.20.5001

23.01.2018 | Geral Sábado tem carnaval em Morro Branco com Frevo do Chico

O evento “Acorda Morro Branco que a banda já chegou”, promete animar os moradores do bairro, visitantes, turistas e foliões em geral, neste sábado, dia 27, das 20 às 23h, com animação da banda Frevo do Chico.
Além do frevo e das marchinhas animando a turma, quem for poderá usufruir de variada gastronomia, bebidas, com participação livre, e aquisição opcional da camiseta no valor de 30,00.
A prévia carnavalesca de sábado começa seu cortejo da folia pela rua Djalma Maranhão (em frente ao supermercado Rede Mais), entra na rua da Saudade, Xavier da Silveira, Churrascaria do Arnaldo, voltando pela Antônio Basílio,  com a folia terminando na Brigadeiro Gomes Ribeiro com apoteose.

23.01.2018 | Geral Projeto que concede compensação financeira para servidor contrair empréstimo não é pagamento do 13º

O Governo do Estado enviou à Assembleia Legislativa projeto de Lei que estimula o servidor a contratar empréstimo financeiro com instituições bancárias.

Pela proposta os servidores poderão contrair empréstimo no valor líquido do décimo terceiro salário e o Governo do Estado repassará ao servidor 12,42% deste valor como compensação pecuniária. O repasse dos 12,42 % será feito em seis parcelas mensais.

O projeto, que será analisado e votado pelos deputados estaduais, visa atender as necessidades financeiras dos servidores e beneficiará o pessoal ativo, inativo, civis e militares, ocupantes de cargos em comissão e pensionistas pagos pelo IPERN que não receberam o décimo terceiro salário em dezembro de 2017.

ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias