27.10.2017 | Geral Potiguar cria um dos aplicativos de ponto eletrônico mais modernos do mundo

Um dos grandes gargalos das empresas são os sistemas de presença, principalmente, para os trabalhadores que estão desempenhando as atividades distantes do local do ponto. Pensando em uma solução, o potiguar Juscelino Martins desenvolveu um aplicativo que permite controlar eletronicamente o ponto em qualquer localidade do mundo.
O sistema de ponto eletrônico e relógio é desenvolvido por meio de um aplicativo, o Tecbio Web e pode ser utilizado em tablets, smartphones e computadores com câmera. “No nosso sistema, o ponto eletrônico é batido por meio do celular. Basta o funcionário acionar o aplicativo e tirar uma foto que já ficam registradas a hora, o local em que ele está e ainda a foto dele no local de trabalho. É mais segurança jurídica tanto para o trabalhador, quando para a empresa”, contou.
O sistema funciona mesmo em locais remotos, sem conexão com a internet. O empreendedor explicou que o aplicativo salva todos dados mesmo sem rede e, ao conseguir conexão, todos os dados são enviados com base na geolocalização de satélite do momento em que o ponto foi batido em qualquer dispositivo móvel ou computador com sistema de captação de imagem.
Juscelino também destacou a segurança do sistema. “Se o ponto for de papel, existe a possibilidade de fraude ou adulteração. Quando o sistema é o de digital ou números, existe a possibilidade do aparelho quebrar e retornar para o papel. Já no aplicativo, nos comunicamos com servidores em vários locais do mundo por dados criptografados evitando fraudes. Nós também enviamos o comprovante para o e-mail de funcionário”, disse.
O Tecbio Web já é referência no Brasil. Ele já é responsável pelo registro dos trabalhadores em mais de 500 empresas do Brasil. Os sistemas de ponto eletrônico e relógio de ponto por biometria facial são homologados pelas 373 e 1510 Portaria 373 e 1510 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

27.10.2017 | Geral ​Colaboradores da CAERN passam por capacitação

Objetivo é orientar pessoal sobre procedimentos internos da estatal

Os colaboradores da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN), porteiros, vigilantes e recepcionistas, que fazem parte do quadro de funcionários da empresa e aqueles que são terceirizados pela empresa JMT Service, participam, na próxima segunda (30) e terça-feira (31), de uma capacitação sobre atendimento ao cliente, no auditório da sede da Companhia, no bairro do Tirol.

A capacitação, aos 60 colaboradores da estatal, é realizada anualmente pelo Serviço Especializado em Enfermaria e em Medicina do Trabalho (SESMT), da JMT Service. O treinamento vai ser ministrado pelo coordenador do SESMT, Anderson Silva, e será realizado no horário 7h30 às 12h. Entre os assuntos a serem abordados, estão atenção a circulação de pessoas estranhas nas dependências da Companhia e o atendimento aos cliente

26.10.2017 | Geral Abrint prevê que Brasil reduzirá crescimento da banda larga

Nos últimos anos, os provedores regionais investiram no crescimento da rede de banda larga no Brasil resultando em uma média crescente de 4,79%. Contudo esse percentual é baixo e, mesmo assim, ele ainda pode piorar devido ao congelamento do projeto do Fundo Garantidor.
O vice-presidente do Conselho da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), Erich Rodrigues, explicou que o crescimento poderia ter sido maior se os governos federais tivessem investido no Fundo Garantidor, proposta apresentada desde 2014 e que, até hoje, nunca avançou. Para tratar do assunto a Abrint vai se reunir com ministro Gilberto Kassab (Telecomunicações) e com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro.
“A Abrint já identificou esse gargalo há muito tempo e em janeiro de 2014 nós apresentamos um estudo para a criação de um fundo garantidor, caminho para acelerar esses investimentos. Passadas as eleições, a crise política e os diversos ministros que assumiram as telecomunicações, o fundo garantidor ainda não teve uma evolução efetiva”, explicou.
O objetivo é permitir a captação de recursos financeiros para investimentos em fibra para garantir a banda larga para mais pessoas, já que o foco seriam as regiões geograficamente afastadas. Porém, o fundo nunca foi abastecido, mesmo com a sugestão de utilizar parte dos recursos de R$ 4,8 bilhões oriundos do Termo de Ajuste da Telefônica e com a promessa de investimentos na ordem de R$ 50 milhões no setor até dezembro.
Essa reserva financeira é considerada importante pela Abrint porque os provedores regionais, responsáveis por levar internet de qualidade para municípios distantes dos grandes centros, enfrentam várias dificuldades no momento de obter empréstimos bancários por conta das garantias financeiras. Dificultando a expansão da rede pelo Brasil e, assim, ameaçando o crescimento. E esse recurso facilitaria investimentos.
“O Fundo não é um dinheiro que vai ser dado para os provedores. É um dinheiro que fica com a União e que apenas vai garantir os investimentos em infraestrutura de rede para a banda larga”, detalhou.

26.10.2017 | Geral Impactos da venda da Chesf serão discutidos em audiência na AL

Os impactos da privatização da Chesf no Rio Grande do Norte e no Nordeste serão debatidos em audiência pública na Assembleia Legislativa, na próxima sexta-feira (27), às 15h, através de proposição do deputado estadual Fernando Mineiro (PT). Durante o evento acontecerá, ainda, o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf no RN.

Para Mineiro, a privatização da Eletrobras, controladora da Chesf, anunciada recentemente pelo Ministério de Minas e Energia, significa, na prática, “a entrega de uma das nossas maiores riquezas estratégicas ao setor privado”. Ele alertou que a privatização da companhia, além do efeito do aumento do preço da conta de luz da população, teria impactos sociais importantes.

“O processo de privatização incide diretamente sobre o controle do uso das águas do rio São Francisco, que é o gerador da energia distribuída pela Chesf. Isso poderá inviabilizar, por exemplo, a conclusão das obras da transposição, que ainda estão em fase de andamento no RN”, ponderou.

A preocupação de Mineiro é compartilhada pelo secretário-geral do Sindicato dos Eletricitários do RN (Sintern), Ari dos Santos de Azevedo Filho, que manifestou receio sobre a possível interrupção da obra.

“A venda da Chesf coloca em risco, diretamente, a chegada da transposição ao RN, porque o ativo para a geração da energia é a água do São Francisco. A empresa que comprar a companhia vai impor obstáculos ao uso desse potencial hídrico para outros fins que não sejam a geração de energia”, advertiu.

Ari ressaltou a importância da realização da audiência pública, por se tratar da oportunidade de “alertar a sociedade sobre os impactos da venda da Chesf”. “A população precisa saber dos efeitos desse pacote de privatizações do governo ilegítimo de Michel Temer, que quer vender a toque de caixa empresas importantes para o desenvolvimento estratégico do Brasil”.

Ele observou, ainda, que sem a Eletrobras e a Chesf nunca teria sido possível universalizar o acesso à energia elétrica, como ocorreu com o programa “Luz para Todos”, realizado pelos governos Lula e Dilma.

“A prioridade da iniciativa privada é o lucro, mas, no nosso entendimento, energia é um serviço público, não uma mercadoria. Privatizar significa encarecer o serviço, negando o acesso às pessoas que não têm condições de pagar por ele. Por isso, é importante ter uma política de estado para essa área, assegurando que todos tenham acesso ao serviço”, completou.

26.10.2017 | Geral Câmara aprova projeto que destina vagas de trabalho aos menores aprendizes

Foi aprovado, em primeira discussão, nesta quinta-feira (26), o Projeto de Lei de autoria do vereador Sueldo Medeiros (PHS), presidente interino da Câmara Municipal de Natal, que destina vagas de trabalho aos menores aprendizes.
De acordo com a proposta, as empresas ou entidades prestadoras de serviço de poderes e órgãos da administração pública de Natal deverão reservar 2% do total de vagas de trabalho aos menores aprendizes.
“Nosso objetivo é a inclusão de jovens e adolescentes no mercado de trabalho, qualificando-os de forma a possibilitar o enfrentamento e galgar a empregabilidade é política social que deve ser valorizada e defendida. Buscamos referência na Lei da Aprendizagem (10.097/2000). Essa legislação determina a obrigatoriedade, por parte das empresas de médio e grande porte, de contratação de aprendizes do quadro de funcionários da empresa”, destaca o parlamentar.
Ficam excluídos do âmbito desta Lei os editais e contratos de prestação de serviços cujas funções estejam previstas no Decreto Federal Nº 6.481/2008, que trata da proibição do Trabalho Infantil.

26.10.2017 | Geral Ato contra a redução da maioridade penal acontece em Natal no sábado, 28

A redução da maioridade penal volta aos holofotes com a previsão de votação, no dia 01/11, da PEC 33/2012 na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. É justamente para alertar a população sobre os riscos inerentes a aprovação dessa proposta que a Frente Potiguar contra a Redução e a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito realizam no próximo sábado (28/10) um ato público contra a redução da maioridade. A atividade acontece na Praia da Redinha, a partir das 9h, e deve contar com apresentações culturais e intervenções de grupos evangélicos de juventude.
O ato na Zona Norte fecha as 18 ações contra a redução realizadas, pela Frente Potiguar,  durante todo o mês de outubro. Foram várias rodas de conversa, panfletagens, aulas públicas e oficinas alertando que a aprovação da PEC 33/2012 é uma condenação para o futuro da juventude pobre e negra, além de não ter efeitos práticos na redução dos índices de violência.
As atividades também tentaram desconstruir mitos em torno da proposta, como a de que menores de 18 anos não são responsabilizados por seus atos, quando em nosso país  jovens já são julgados e responsabilizados por suas ações a partir dos 12 anos, inclusive com privação de liberdade, no sistema socioeducativo.
O ato do próximo sábado também marca o lançamento do grupo Natal da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito. Partiu desse grupo a ideia do ato, como forma de demonstrar que parte da comunidade evangélica da cidade não apoia medidas que ampliam o encarceramento em massa e que afetam diretamente a vida nas periferias da cidade, onde muitas dessas igrejas tem inserção. Esse grupo, que atua em pautas progressistas, entende que prender os jovens com adultos não vai resolver o problema da violência pública e também luta por mais investimentos em políticas para juventude e na garantia de direitos como lazer, cultura e saúde.

25.10.2017 | Geral Bugueiros conquistam novo sistema de credenciais junto a Setur

Um dos principais problemas do desenvolvimento da atividade de buggy-turismo no Rio Grande do Norte é a grande quantidade de clandestinos circulando, tentando combater esses veículos ilegais, o Sindicato dos Bugueiros Profissionais e a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) vão começar a emitir credenciais autenticadas.
Durante a reunião, o secretário Ruy Gaspar, titular da pasta do Turismo, conseguiu a máquina para a confecção das novas credenciais dos bugueiros. O pleito foi conquistado pelo Sindbuggy junto à Setur. “O secretário é sempre atencioso à nossa categoria e sempre solícito às iniciativas que ajudem no desenvolvimento do setor. Ficamos felizes com essa conquista e só quem ganha é o turismo potiguar”, destacou Luiz Thiago Manoel, presidente do Sindicato.
Além da máquina, o secretário se comprometeu em uma atenção especial ao projeto de criação da rota dos buggys realizada por meio de monitoramento georeferenciado. Com essa medida, os bugueiros terão mais segurança jurídica para o desenvolvimento da atividade e o Poder Público terá mais mecanismos de fiscalização.

25.10.2017 | Geral Coreógrafo de Escola Campeã do carnaval do RJ será jurado no Tanz Festival de Dança

O professor Jorge Texeira, diretor da Cia Brasileira de Ballet e coreógrafo da escola de samba Mocidade – campeã do carnaval no Rio de Janeiro em 2017 – será um dos jurados do 2º Tanz Festival de Dança, que acontece entre os dias 2 e 5 de novembro, no Cine Teatro de Parnamirim/RN.

Jorge Texeira, em parceria com o coreógrafo Saulo Finelon, levou para a avenida a réplica de um Aladim quesobrevoou a Sapucaí num tapete voador, uma imagem que ficou gravada na memória do público presente e dos telespectadores que acompanharam o desfile pela televisão.

O professor participou do primeiro Tanz Festival de Dança, que aconteceu no ano passado, no mesmo local. Como na primeira edição, Jorge Texeira trás para a noite de estreia alguns bailarinos da Cia Brasileira de Ballet, que vão apresentar o espetáculo   “Bodas de Aurora” Suíte 3º Ato e a coreografia contemporânea NATT.

Além de jurado, Jorge irá ministrar o curso de Ballet Clássico Avançado. O programa de ensino do professor Jorge Texeira, tem uma visão própria, desenvolvida em cima do estudo das principais metodologias da dança clássica, tendo como base a Escola Vaganova. Este programa busca através das aulas completas (chão, barra, centro e diagonal), desenvolver nos alunos, uma total consciência, do “onde” e “por onde” e “por que”.

Além do espetáculo da noite de estreia, o festival conta com cursos, mostra competitiva, mostra infantil (não competitiva) e mostra espontânea. O Tanz Festival de Dança é patrocinado pela Prefeitura Municipal de Parnamirim e Caixa Econômica Federal, uma realização da Fundação Parnamirim de Cultura e conta com o importante apoio da Devant, Hotel Parque do Sol, Água Mineral Santa Maria, Gosto de Pão, Grão Massas e Biscoitos, Encontro de Dança, blog Vamos Lá RN.

PROGRAMAÇÃO

02/11/2017 – (quinta-feira)

8h às 13h / 14h às 18h – Credenciamento

10h às 17h – Apresentações espontâneas no Espaço Tanz (Mezanino)

8h às 17h – Sala de Ballet – Cursos:

¦ 8h-9h30:Clássico| TassianaStacciarini

¦ 9h30-11h:Clássico | Sergio Marshall

¦ 11h-12h30:Clássico| Jorge Texeira

¦ 14h-15h30: Contemporâneo| Luiz Roberto

¦ 15h30-17h: Contemporâneo | Airton Tenório

20h – Noite de Abertura – Cerimônia e Espetáculo com Cias e Bailarinos Convidados

 

03/11/2017 – (sexta-feira)

8h – 13h – Credenciamento (manhã)

10h – 17h – Apresentações espontâneas –  Espaço Tanz (Mezanino)

8h às 17h – Sala de Ballet – Cursos

¦ 8h-9h30: Clássico| TassianaStacciarini

¦ 9h30-11h: Clássico | Sergio Marshall

¦ 11h-12h30: Clássico| Jorge Texeira

¦ 14h-15h30: Contemporâneo| Luiz Roberto

¦ 15h30-17h: Contemporâneo | Airton Tenório

8h às12h – Ensaios: Clássico Repertório (Palco)

12h às 14h e 15 – Mostra Infantil (Palco)

18h às 22h – Mostra Competitiva: Clássico de Repertório/Premiação após as apresentações (Palco)

04/11/2017 – (sábado)

8h às 13h – Credenciamento (manhã)

10h às17h – Apresentações espontâneas Espaço Tanz (Mezanino)

8h às 17h – Sala de Ballet – Cursos

¦ 8h-9h30: Clássico| TassianaStacciarini

¦ 9h30-11h: Clássico | Sergio Marshall

¦ 11h-12h30: Clássico| Jorge Texeira

¦ 14h-15h30: Contemporâneo| Luiz Roberto

¦ 15h30-17h: Contemporâneo | Airton Tenório

8h às12h – Ensaios: Neoclássico / Clássico Livre (Palco)

12h às 14h – Mostra Infantil (Palco)

12h30 às14h – Sala de Ballet – Feedback da Mostra Competitiva: Clássico de Repertório| Diretores e Jurados

15h às 17h – Mostra Infantil (Palco)

18h às 22h – Mostra Competitiva: Neoclássico/Clássico Livre / Premiação após as apresentações (Palco)

05/11/2017 – (domingo)

8h às 13h – Credenciamento

7h às 14h – Ensaios: (Danças Livres, Moderno/Contemporâneo) – Palco

12h30 às14h – Feedback da Mostra Competitiva: Neoclássico/Clássico Livre| Diretores e Jurados

14h30 às 17h30 – Mostra Competitiva: Danças Livres (Urbanas, Jazz, do Ventre, Popular, K-Pop, Pop) / Premiação após as apresentações (Palco)

18h às 22h – Mostra Competitiva: Moderno/Contemporâneo / Premiação após as apresentações (Palco)

25.10.2017 | Geral Governo inaugura 18ª unidade do Café Cidadão no município de Lajes

A unidade do Café Cidadão inaugurada pelo governador Robinson Faria nesta quarta-feira, 25, no município de Lajes, a 125 quilômetros de Natal, é a décima oitava deste modelo e vai oferecer 1.500 refeições matinais de segunda a sexta-feira, no valor simbólico de R$ 0,50 (cinquenta centavos).

Integrante do programa de segurança alimentar do Governo do Estado, ao lado do Restaurante Popular, o Café Cidadão atende trabalhadores e pessoas que têm dificuldade para consumir a primeira refeição do dia. Com a unidade de Lajes o programa chega a 11 municípios em todas as regiões do Rio Grande do Norte – as outras unidades ficam em Natal, Baraúna, Monte Alegre, Alexandria, Goianinha, Touros, Patu, Tangará, Alto do Rodrigues e Santana do Matos.

O cardápio é elaborado por nutricionistas e garante alimentação de qualidade e elevado valor nutritivo. Nesta quarta-feira, o cardápio em Lajes oferecia paçoca, macaxeira, maçã, pães, dois sabores de suco, café e leite. O governador Robinson Faria afirmou que “desde o início da nossa administração investimos para atender as necessidades das pessoas que mais precisam. O município de Lajes é localizado na região Central do nosso Estado e sofre muito com a seca. Os trabalhadores e pequenos produtores constantemente perdem ou têm reduzida a produção pela escassez de água. Por isso trouxemos o Café Cidadão, que vai atender estas pessoas que muito precisam do apoio e da ação do Governo”.

A secretária de Estado do Trabalho, da Habitação e da Ação Social (Sethas), Julianne Faria, que coordena o Café Cidadão, destacou que “este programa tem largo alcance social, atende as pessoas que mais precisam. É um programa que traz alimentação de qualidade e atende, inclusive, pessoas com necessidades como a diabetes a preço acessível, apenas R$ 0,50”.

José Firmino Fernandes, 70 anos, pedreiro ainda trabalhando, casado com Francisca Pereira Fernandes, 63 anos, e pai de quatro filhos, residente no centro de Lajes, disse que o Café Cidadão vai facilitar a sua vida. Ele sai cedo de casa para trabalhar e agora vai tomar o café da manhã pagando apenas R$ 0,50 centavos. “Vai ser muito bom para nós. Vou me alimentar antes de chegar ao trabalho e ter acesso a uma boa refeição”, declarou.

O prefeito de Lajes José Marques Fernandes, o Marcão, afirmou que o Café do Cidadão era uma necessidade no município. Ele colocou a administração municipal à disposição para parcerias com o Governo do Estado e solicitou a cessão da escola estadual Olímpio Procópio para que o município instale um centro de treinamento. Robinson Faria atendeu de pronto o pedido e determinou que a secretaria de Estado da Educação oficialize a cessão. “Estaremos sempre prontos para parcerias com o Governo do Estado”, afirmou o prefeito.

Em Lajes Robinson Faria também anunciou a perfuração e instalação de motores para captação de água em dez poços no município como forma de combater as dificuldades no abastecimento de água. Ele anunciou ainda a realização de estudos para o projeto da barragem do Alívio para acumular água e ampliar a capacidade de abastecimento. O chefe do Executivo lembrou que a atual administração estadual já investiu R$ 230 mil em poços tubulares em Lajes, nas comunidades de Quixabeirinha, Tapuio e Santa Fé, e R$ 99 mil na banda filarmônica do município.

Após a inauguração do Café Cidadão, o Governador visitou o Hospital de Lajes que atende aquela cidade e municípios vizinhos. O Governo do Estado fez a entrega de 600 quilos de alimentos, material de higiene e de limpeza através do Ipem – Instituto de Pesos e Medidas. “Os produtos são de qualidade e foram apreendidos por nossa fiscalização por apresentarem divergência no peso ou quantidade especificadas nas embalagens, o que representa uma lesão ao consumidor, mas perfeitamente apropriados ao consumo”, explicou o diretor do Ipem, Cyrus Benavides, destacando a atuação do órgão em defesa do consumidor. O hospital de Lajes realiza em média 4 mil atendimentos e cirurgias por mês.

SALIMENTAR DO GOVERNO DO RN HOJE

O Café Cidadão é um programa de segurança alimentar que oferece café da manhã nutritivo e de qualidade a preço acessível. Nas 18 unidades instaladas, o programa oferece 186 mil cafés da manhã por mês em onze municípios do Rio Grande do Norte.

RESTAURANTES POPULARES

Desde dezembro de 2016 foram inaugurados seis restaurantes populares. Hoje são 32 unidades e a meta é abrir mais 18. Semanalmente são servidas mais de 110 mil refeições na hora do almoço ao preço de R$ 1,00 (um Real.)

25.10.2017 | Geral Campanha Outubro Rosa recebe homenagem da Câmara de Natal

O movimento mundial de conscientização sobre o câncer de mama, Outubro Rosa, foi celebrado com uma sessão solene na Câmara Municipal de Natal, nesta terça-feira (24), por iniciativa da vereadora Eudiane Macedo (SD). A solenidade homenageou entidades da capital potiguar que atuam na prevenção e no acolhimento às mulheres, vítimas de câncer.
Em seu discurso, a vereadora Eudiane Macedo destacou a solidariedade das instituições, profissionais e colaboradores empenhados na promoção da saúde das mulheres. “Estamos reunidos nesta noite para celebrar o Outubro Rosa. Que significa celebrar a vida e, mais ainda, celebrar o altruísmo. Porque certamente as sessões solenes, que nosso mandato promove há quatro anos, alusivas a essa campanha tão importante são as que reúnem de uma só vez a maior quantidade de pessoas com esse perfil”, afirmou.
“Acredito que nenhuma palavra dita aqui será suficiente para traduzir toda admiração e gratidão que temos por cada um de vocês. Me cabe, enquanto parlamentar, ser parceira do movimento, dando visibilidade ao Outubro Rosa, ao levar informação e exaltar a atuação dos grupos e pessoas que se dedicam a uma causa tão nobre o ano inteiro” acrescentou emocionada a vereadora.
Magda Oliveira, presidente da Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer, falou sobre a importância da realização anual da mamografia para as mulheres acima dos 40 anos e o acompanhamento clínico sistemático por toda a vida. “O auto-exame da mama também faz parte do diagnóstico precoce, que eleva para 95% as chances de cura”, disse ela. “Por isso, conhecimento é essencial, porque diminui o estigma de que o câncer de mama é incurável”, completou.
Segundo o Ministério da Saúde, o câncer de mama é o que mais afeta as mulheres no Brasil e no mundo, respondendo por cerca de 25% dos casos novos por ano. É a segunda causa de morte por câncer nos países desenvolvidos, atrás do câncer de pulmão. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) informa que surgem cerca de 60 mil casos de câncer de mama por ano no país, dos quais 15 mil levam as mulheres a óbito.
De acordo com o presidente da Academia de Medicina do Rio Grande do Norte, Maciel de Oliveira Matias, qualquer sinal de desconforto é motivo para procurar um médico, pois quanto mais rápido o diagnóstico melhor é o tratamento. “É fundamental esta conscientização, e que não fique somente no mês de outubro, mas durante todos os meses do ano”, orientou Maciel, que coordena o Centro Avançado de Oncologia da Liga Contra o Câncer.
Neste mês, o Câmara realiza uma série de atividades para marcar o Outubro Rosa e chamar a atenção para a relevância da prevenção ao câncer de mama. O prédio do Legislativo permanece iluminado na cor da campanha durante todo o mês. Entre as atividades, estão audiências públicas, oficinas, seminários e eventos culturais. As ações pretendem disseminar o maior volume possível de informações sobre acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuindo para a redução da mortalidade.
ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias