06.02.2018 | Geral Novas Centrais do Cidadão de Natal serão concluídas no segundo semestre de 2018

As três novas Centrais do Cidadão de Natal (Zona Sul, Zona Norte e Zona Oeste) já estão com as obras avançadas e com previsão para serem concluídas entre junho e julho desse ano. As obras fazem parte do projeto de reestruturação e construção de prédios próprios, com o objetivo de eliminar aluguéis e garantir um atendimento moderno e de qualidade para a população. No total, estão sendo investidos cerca de R$ 42 milhões, por meio do Governo Cidadão e Banco Mundial, nas construção e reforma das 22 unidades do programa, contemplando todas as regiões do estado.

A Central Zona Sul, que será transferida do Via Direta para o novo prédio que está sendo construído por trás do antigo Bompreço da Roberto Freire, está com 55% da obra finalizada. A unidade Zona Oeste, que substituirá a Central do Alecrim, está sendo construída no segundo piso da Rodoviária de Natal, e está com 73% da obra. Por fim, a Central Zona Norte que será transferida do Shopping Estação para terreno da cavalaria da PM, na avenida João Medeiros Filho, está 65% concluída.

“O Governo do RN está investindo R$ 4,3 milhões de reais na construção das três unidades de Natal. Essas centrais serão modelos para todo o estado. Com esse projeto de modernização, esperamos que o estado economize com alugueis e possa investir na melhoria dos serviços ofertados à população. Além da nova estrutura física estamos implantando sistema de marcação através de aplicativo e internet, acabando com as filas”, explicou o secretário do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Vagner Araújo.

Além das três Centrais de Natal, o projeto contempla a construção de 13 unidades no interior, em substituição as existentes, e a reforma e ampliação de cinco unidades que possuem imóveis próprios. As unidades de João Câmara, Nova Cruz, e São Paulo do Potengi já estão em obras. O restante está em processo de contratação, já para emissão das ordens de serviço.

O Programa Central do Cidadão oferece à população um conjunto de serviços públicos essenciais, centralizados geograficamente em um único espaço, integrando-os por meio de parcerias com as esferas públicas federal e municipal e com a iniciativa privada.

ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias