08.10.2018 | Geral Festival MADA em contagem regressiva para edição de 20 anos

Artistas já começam a chegar para a edição 2018 do festival MADA, dias 12 e 13 de outubro, na Arena das Dunas. A banda austríaca Saint Chameleon já está na cidade. Confira todas as atrações

Um dos festivais mais amados do Nordeste, o MADA está em contagem regressiva para a sua edição de 20 anos, nos dias 12 e 13 de outubro, no estádio Arena das Dunas, bairro de Lagoa Nova, em Natal (RN). A data representa um motivo a mais para investir em novidades e atrações especiais. Este ano o MADA terá três palcos, sendo os palcos TNT Energy Stage e Palco Coca-Cola dispostos lado a lado para dar a dinâmica dos shows, como já é tradição. E o terceiro será o Palco MADA Arena, posicionado na área da conhecida como Podium. O festival ainda contará com Feira Mix, praça de alimentação e área de convivência. A abertura dos portões será às 17h e os shows tem início às 18h.

O Festival conta com patrocínios do TNT Energy Drink, Itaipava, Coca-Cola, Café Santa Clara, Comjol e Governo do Estado através da Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura. Apoio Prefeitura de Natal, Rede InterTv Cabugi, Sunline Turismo, De passaporte.com, Ballantines e FBA – Festivais Brasileiros Associados e Player Oficial Spotify. Promoção Jovem Pan Natal e realização MADA.

A edição de 20 anos traz uma seleção ancorada na diversidade sonora e representatividade cultural de seus artistas, reafirmando a vocação do festival em oferecer shows musicais de impacto. Nomes nacionais e internacionais mostrarão seus trabalhos inéditos para o público potiguar e visitantes de várias cidades do Nordeste e demais regiões.

No dia 12 de outubro (sexta-feira), os palcos TNT Energy Drink Stage e Coca-Cola recebem Cordel do Fogo Encantado, que reencontra o público do MADA e também sua poesia dos sertões mágicos com o show “Viagem ao Coração do Sol”; enquanto o coletivo baiano ÀTOOXXÁ põe todo mundo para remexer com seu inusitado pagode eletrônico. E ainda os novos shows de Pitty, Far From Alaska, Nação Zumbi, Jade Baraldo, Saint Chameleon (Áustria), banda que reúne músicos de vários países, e Alfonsina (Uruguai). Já o Palco Mada Arena receberá shows de Duda Beat, Dingo Bells e Rieg, além dos natalenses Talma & Gadelha e Demonia.

O sábado (13.10)  nos Palcos TNT Energy Drink Stage e Coca-Cola será de diferentes ritmos e encontros. Do rock alternativo, pulsante e dançante do Franz Ferdinand (Escócia) à eletrizante mistura de guitarras baianas e sound system jamaicanos, do grupo Baiana System. Será a primeira vez do rapper Rincon Sapiência em Natal e da ex-Araketu Larissa Luz com seu trabalho solo. E ainda a fusão de sons latino-americanos de Francisco El Hombre e o rock minimalista do Oto Gris e as misturas modernas dos potiguares Ângela Castro, Alphorria e Luísa e Os Alquimistas. No palco MADA Arena estão apostas talentosas como Potyguara Bardo, Ciro e a Cidade, BEX e Ardu, mostrando seus novos trabalhos.

FEIRA MIX

A tradicional Feira Mix do Mada existe desde a primeira edição, reunindo trabalhos de arte, cultura pop, moda e artesanato criativo. São artistas e designers comercializando produtos que se relacionam com a o universo da música. Também há vinis, Cds e camisetas ligadas aos artistas presentes no festival. Estarão nesta edição as marcas Crioula Bagwear, Seu Broderie, Camisetas Lunáticaz, Adoro Bijuterias, Hôrôya, Pimenta Camisetas, Ilustraclub, Sonho de Papel, Mudra Ateliê, Art’Zans, Andaluz Handmade, Banca Ninja, Pitanga Camisetas, Firmão, Mayrles Emile e Parêa Calçados.

Para o produtor Jomardo Jomas, idealizador do festival, o público pode esperar uma edição com muita dedicação e shows marcantes, como sempre acontece no MADA. “O Mada é símbolo de resistência ao manter-se ativo por duas décadas com uma programação de qualidade, valorizando a música autoral moderna e a mistura de estilos fora do circuito popular e comercial. Estamos colocando nossa cidade no roteiro de shows que acontecem somente nos grandes centros. É nossa forma de agradecer a todos que fizeram o MADA chegar aos 20 anos e esperamos mais uma vez que o publico fortaleça ainda mais o festival, para tentarmos voos ainda maiores nas próximas edições”, comentou.

O Grupo Petrópolis, que pela primeira vez patrocina do festival potiguar, informa que “o MADA tornou-se parte do calendário festivo do Nordeste com um festival que se fortalece a cada ano e reúne um público que vem de diversos lugares. O TNT Energy Drink está em sintonia com o que acontece no país e o MADA traz a resistência no universo da cultura jovem, da música alternativa e lifestyle, que também estão presentes na identidade da marca”, avalia Eliana Cassandre, Gerente de Propaganda do Grupo Petrópolis.

UM POUCO DO PERFIL DO FESTIVAL

Foi sob a lona de um circo, no bairro da Ribeira, que o festival MADA surgiu em maio de 1998. Época de grande efervescência do movimento indie no Brasil, quando a cena alternativa se abastecia de artistas e bandas criativas, inventivas, ousadas. Ambiente propício para um festival que proporcionava essa visibilidade à nova contracultura brasileira. Idealizado pelo engenheiro civil e produtor musical Jomardo Jomas Azevedo, o festival alavancou o histórico bairro e integrou o primeiro calendário brasileiro de festivais, ao lado de Abril pro Rock, Porão do Rock, Goiânia Noise e outros tantos eventos pioneiros.

De lá para cá, manteve-se entre os principais eventos musicais do circuito independente do Brasil, abrindo espaço para diversos artistas potiguares e de outros estados. Uma característica de sua programação é oferecer a mistura de novos nomes que se destacam nos circuitos alternativos com atrações de grande porte de perfil autoral e contemporâneo, com ineditismo para o público local. A produção, sempre caprichada, privilegia a música contemporânea e de vanguarda, inserindo o pop consistente e criativo em seus diversos sotaques, identidades e estilos. A dinâmica de palcos lados a lado, idênticos, são exemplo de respeito ao artista por oferecer as melhores condições para apresentar seu trabalho, independente do alcance midiático. Esse equilíbrio fez do MADA o festival contínuo de maior público do Rio Grande do Norte.

Diferentes lugares já sediaram o festival, como a Ribeira (de 1998 a 2003), a Arena do Imirá na beira mar da Via Costeira (2004 a 2011), o bairro das Rocas (2012 e 2013) e o Estádio de futebol Arena das Dunas (2014 a 2017). O festival já realizou shows de mais de 600 artistas e sua trajetória inspirou outros festivais de música.

Confira o line-up completo de 2018:

12 DE OUTUBRO (SEXTA-FEIRA)

PALCO TNT ENERGY STAGE

PITTY – 2H

CORDEL DO FOGO ENCANTADO – 23H20

ÀTOOXXÁ – 21H40

JADE BARALDO – 20H20

PALCO COCA-COLA

NAÇÃO ZUMBI 0H30

FAR FROM ALASKA 22H30

SAINT CHAMALEON (ÁUSTRIA) – 21H

ALFONSINA (URUGUAI)- 19H40

PALCO MADA ARENA

DJS

DINGO BELLS – 22H

DUDA BEAT – 21H

RIEG – 20H

TALMA E GADELHA – 19H

DEMONIA – 18H

DIA 13 (SÁBADO)

PALCO TNT ENERGY DRINK STAGE

FRANZ FERDINAND (UK) 00H30

RINCON SAPIÊNCIA 22H50

LUÍSA E OS ALQUIMISTAS 21H10

ANGELA CASTRO – 19H40

PALCO COCA-COLA

BAIANA SYSTEM – 2H

FRANCISCO EL HOMBRE – 23H40

LARISSA LUZ – 22H

ALPHORRIA – 20H20

OTO GRIS 19H

PALCO MADA ARENA

DJS

POTIGUARA BARDO – 21H

BEX – 20H

ARDU – 20H

CIRO E A CIDADE – 19H

SERVIÇO:

Festival MADA – 20 anos

Local | Estádio Arena das Dunas – Lagoa Nova, Natal – RN

Data | 12 e 13 de outubro

Horário :  a partir das 17h

Ingressos: Oticalli do shopping Midway Mall, e nas plataformas Sympla e Arena das Dunas

Link para compra online | https://www.sympla.com.br/mada20anos

 e  https://arenadunas.com.br/agenda-evento/mada/486

ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias