25.06.2018 | Geral Natal ganha nova unidade do Café Cidadão no Alecrim

Um dos bairros mais tradicionais de Natal, o Alecrim, ganhou nesta segunda-feira (25) um Café Cidadão na Avenida Presidente Sarmento, 492. Essa é a 27ª unidade do RN e a 21ª aberta pela atual gestão estadual. No local serão oferecidos 300 cafés da manhã por dia pelo preço simbólico de R$ 0,50. O café funcionará de segunda a sexta-feira, das 6h às 8h.

Lindalva Medeiros mora no bairro e foi uma das primeiras a provar o café da manhã com frutas, batata doce, frango, bolos, biscoitos e suco. “É pertinho da minha casa e o preço é ótimo para o que está sendo oferecido. Gostei demais”, afirmou a aposentada.

O governador Robinson Faria esteve na inauguração da unidade e ressaltou a importância do programa para a população do Alecrim. “É um bairro populoso, com muitas residências, comércios e trabalhadores. Sabendo disso, estamos mais uma vez cumprindo com nossa palavra, trazendo segurança alimentar para as pessoas que precisam de ações sociais e do trabalho do governo”, ressaltou Robinson.

Além da nova unidade, Natal conta com outras cinco, nos bairros de Cidade da Esperança, Felipe Camarão, Nossa Senhora da Apresentação, Cidade Alta e Bom Pastor, oferecendo cerca de 36.500 cafés da manhã por mês.

“O programa está presente em 21 municípios do Rio Grande do Norte e oferece em média 120.500 cafés por mês. A previsão é inaugurar nos próximos dias mais uma unidade em Parnamirim, no Mercado Público”, informou o secretário do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Vagner Araújo.

O presidente do Conselho Comunitário do Alecrim, Fábio Bernardino (Café), parabenizou a ação do Executivo Estadual. “Estou aqui para agradecer em nome do povo do Alecrim e dizer que iremos fiscalizar de perto para garantir que o serviço seja bem ofertado para a população”, disse Bernardino.

Programas de Segurança Alimentar no RN

Além do Café Cidadão, o programa de Segurança Alimentar do Governo do RN conta com 42 unidades do Restaurante Popular em 29 municípios potiguares e oferece por dia 30 mil almoços (cerca de 600 mil almoços por mês). Já a Sopa Cidadã conta com 10 unidades, em sete municípios e oferece por dia três mil sopas (cerca de 60 mil por mês).

25.06.2018 | Geral Ansiedade e cobrança podem causar enxaqueca em crianças

Na primeira queixa de dor de cabeça na criança ou adolescente, o alerta para a duração, frequência, intensidade e sintomas associados, deve ser avaliado. Esse é o primeiro destaque que a médica Kallydya Pasqually, pediatra do Hapvida Saúde, faz aos pais.

O quadro que pode evoluir para a enxaqueca afeta diretamente a qualidade de vida dos indivíduos acometidos. “As crianças que apresentam enxaqueca antes dos dez anos tendem a ter uma remissão das crises após a puberdade’’, revela a médica.

De acordo com um estudo publicado, no mês de maio de 2018, pela revista Cephalalgia, a prevalência de enxaqueca na infância atinge igualmente os dois sexos. “A ansiedade e a cobrança exagerada para realização de alguma atividade educacional, por exemplo, podem ser agravantes para a dor de cabeça que esses meninos e meninas têm’’, destaca o estudo.

O neurocirurgião Alexandre Seixas, médico do Hapvida Saúde, complementa os fatores que desencadeiam uma crise. ‘‘A enxaqueca, que também é conhecida como migrânea, costuma ser altamente intensa quando ocorre contato com odores fortes, estímulos luminosos e jejum, pois são elementos desencadeantes’’.

Prevenção

“Em crianças por volta dos 5 anos, as dores de cabeça podem ser reveladas pelo comportamento. Então, uma das formas de prevenção é atenção a esses sinais’’, explica a pediatra Kallydya Pasqually.

A prevenção também é pontuada pelo neurocirurgião Alexandre Seixas. “Evitar café, temperos prontos, alimentos industrializados e embutidos, integram esses cuidados nos quadros de dor de cabeça na infância’’.

Tratamento

“A melhor forma de tratamento deve ser definida por um profissional, por isso, os pais devem prestar atenção nas relações de estresse, privação de sono,alimentação, mudanças familiares e escolares, para repassar ao especialista as exposições que os filhos estão vivenciando todos os dias’’, finaliza a médica Kallydya Pasqually.

25.06.2018 | Geral Comissão aprova projeto que inclui casais homoafetivos em programas habitacionais

Reunida na manhã desta segunda-feira (25), a Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal apreciou treze projetos de Lei e entre os aprovados está o que altera o Código de Meio Ambiente e o que permite que casais em união homoafetiva possam se cadastrar como unidade familiar em projetos habitacionais do município, tendo assim direito a adquirir um imóvel.
Este último é o Projeto de Lei 134/18, de autoria do vereador Dickson Júnior (PSDB), que versa sobre a permissão para que casais homoafetivos, em união civil ou estável, possam se inscrever como unidade familiar em programas habitacionais desenvolvidos pela Secretaria de Habitação do município (Seharpe). O vereador Sueldo Medeiros (PHS) relatou a matéria dando parecer favorável e foi seguido pelos demais vereadores.
Sueldo é autor do Projeto de Lei Complementar  017/17, que altera o Código de Meio Ambiente do município e que recebeu sete emendas da vereadora Natália Bonavides (PT). Contudo, estas foram descartadas pela comissão. “Propus a adequação, atualizando o Código de Meio Ambiente do município, mas as emendas desvirtuavam o projeto e por isso foram rejeitadas. O projeto já havia sido aprovado nesta comissão, agora segue tramitando”, explicou Sueldo Medeiros.
Os vereadores aprovaram ainda um veto parcial do Executivo ao projeto do vereador Paulinho Freire (PSDB), que pede a inclusão do festival Halleluya no calendário de eventos do município. Com o veto, o Executivo Municipal fica livre para, a cada edição do evento, poder apoiar da forma que lhe for mais conveniente, sem obrigatoriedade.
Na reunião foi rejeitado o projeto do vereador Dinarte Torres (PMB), que visava a concessão de descontos no IPTU para quem usassem energia solar. O relator Ney Júnior (PSD) deu parecer contrário alegando que não competia à Câmara criar projetos de teor tributário, mas o presidente da comissão, vereador Felipe Alves (MDB), esclareceu: “É possível à Câmara legislar sobre questões tributárias porque já aprovamos essa permissão aqui, porém, obedecendo alguns critérios, como apresentar impacto financeiro, e esse projeto em questão não atende a esses critérios”.
O vereador Preto Aquino (Patriotas) retirou de pauta seu projeto que criava o programa “Guincho “Amigo”, uma vez que já existe lei semelhante. “Pensamos num projeto para desobstruir as duas pontes de acesso à zona Norte, utilizando carros-guincho para retirar veículos que tivessem interferindo no trânsito. Como já existe essa lei, agora vou cobrar que seja posta em prática pra melhorar a mobilidade da cidade nas pontes”, disse. A vereadora Nina Souza (PDT) também participou da reunião.

22.06.2018 | Geral Conselhos de Educação Física e Fisioterapia fiscalizam em conjunto

O Departamento de Orientação e Fiscalização do Conselho Regional de Educação Física do Rio Grande do Norte (CREF16/RN) realizou um trabalho conjunto com o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do estado (CREFITO1), no qual se foi criado um cronograma para visitar e fiscalizar estabelecimentos e profissionais irregulares.

O trabalho surgiu da necessidade em orientar melhor os profissionais de cada área, deixando claro o papel de cada um em seu segmento. Fabianny Tomaz, fiscal do CREFITO1, disse que denúncias foram enviadas ao seu órgão e por isso entrou em contato com o CREF16. “É preciso uma orientação intensa no qual o profissional da Fisioterapia entenda o seu papel e não invada o trabalho do Profissional de Educação Física, e vice-versa”.

Segundo Marcelo Vaz, fiscal do CREF16, o trabalho terá continuidade e outras visitas já estão no cronograma. É preciso reforçar que a denúncia tem um papel fundamental, é através dela que os Conselhos trabalham arduamente para coibir ações irregulares, fazendo com que apenas profissionais registrados e habilitados exercem legalmente sua profissão, pois a orientação é que faz a diferença.

22.06.2018 | Geral FIM DE SEMANA DE GRANDES ATRAÇÕES NO SÃO JOÃO DE NATAL. VEJA PROGRAMAÇÃO

Evento realizado por coletivo de produtores, com investimentos municipais via Lei Djalma Maranhão, acontece no pátio externo da Arena das Dunas e reúne gastronomia típica, quadrilhas, concurso de marchinhas e muita música nordestina

Está chegando a noite de São João e a cidade ganha o colorido das estrelinhas, isicomidas e trajes típicos. Na Arena das Dunas, a festa continua até domingo (dia 24) reunindo os ritmos e os símbolos da cultura nordestina. Das 17h até 0h, o local concentra várias atividades para público de todas as idades, com entrada gratuita. Arena Cultural Potiguar é o espaço das apresentações musicais e o natalense pode ensaiar o passo ao som do melhor forró e MPB Nordestina.  Tudo isso abastecido com a culinária do Festival Gastronômico das Dunas, uma praça com 25 tendas de comidinhas regionais e variadas, área com cadeiras e mesas e uma exposição de artesanato.

No pavilhão das quadrilhas juninas, a competição continua com as três noites da categoria Quadrilha Tradicional. O São João de Natal é uma realização coletiva de produtores culturais Dom Produções, Walde Faraj e Natal Cultural, com patrocínio da Prefeitura de Natal através do Programa Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura e Arena das Dunas.

Nesta sexta-feira (22) sobe ao palco o grupo As Nordestinas, às 18h30, e do cantor Luizinho Nobre, às 21h, com o seu show “Samba Sanfonado”. No sábado (23), a trilha sonora será embalada por Forrozão Balai de Gato, às 18h, Leão Neto e Forró Fulô de Catingueira, às 20h30, e ForróSouto, às 22h, com a banda Dusouto fazendo uma releitura de suas músicas em ritmos de forró, xote e baião. No domingo, o encerramento do São João de Natal começa mais cedo, a partir das 17h, show infantil junino e cantores potiguares que passaram pelo The Voice Kids. Depois tem Léo NaManha, às 19h, e Jaina Elne, às 21h.

SÃO JOÃO DO NATAL

De 19 a 24 de junho | Local: Arena das Dunas

Realização: Dom Produções | Walde Faraj | Natal Cultural |

Patrocínio: Prefeitura de Natal | Lei Djalma Maranhão | Arena das Dunas

17h – Abertura dos portões

18h às 23h30 – Programação junina: Arena Cultural Potiguar (shows musicais); Pavilhão do Festival de Quadrilhas Juninas (apresentação competitiva); Festival Gastronômico das Dunas (Gastronomia e artesanato);

Acesso gratuito

19 a 24/6 (terça a domingo)

.18 à 0h – Festival Gastronômico das Dunas

Tendas de quitutes regionais, estandes de comida variada, praça e exposição de artesanato

 Dia 21/6 (quinta-feira)

Espaço Arena Cultural Potiguar

18h- Jarbas do Acordeom

19h30- Iggor Dantas e banda

21h30- Banda Cebola Ralada

23h30- Encerramento

Dia  22/6 (sexta-feira)

Espaço Arena Cultural Potiguar

18h30- As Nordestinas

21h-  Luizinho Nobre – Samba Sanfonado

23h30 Encerramento

Dia 23/6 (Sábado)

Espaço Arena Cultural Potiguar

18h- Forrozão Balai de Gato

20h30- Leão Neto e Forró Fulô de Catingueira

22h- ForróSouto (Banda DuSouto)

23h30- Encerramento

24/6 (domingo)

Espaço Arena Cultural Potiguar

17h- Show Infantil The Voice Kids – Especial de São João

19h- Léo NaManha

21h- Jaina Elne

23h- Encerramento

19 a 24/6 – Festival de Quadrilhas juninas

Apoio: Intertv Cabugi

18h às 23h30

Dia 21/6 (quinta-feira)

Pavilhão de quadrilhas juninas

Categoria Quadrilha Estilizada

19h- Grupo Folclórico Junina Beijoqueiros

19h40 – Estrela do Sertão

20h20 – Brejo de Ouro

21h – Coração Nordestino

21h40 – Junina São João

22h20 – Balão Dourado

Dia 22/6 (sexta-feira)

Pavilhão de quadrilhas juninas

Categoria Quadrilha tradicional

18h30 – Zé Matuto

19h –  Brilho Matuto

19h40 – Rebuliço

20h20 – Encanta São João

21h – Vai Mexer com Nóis

21h40 – Junina Tradição

22h20 – Junina Iluminar

Dia 23/6 (sábado)

Pavilhão de quadrilhas juninas

Categoria Quadrilha tradicional

18h30 – Brilho Potiguar

19h – Cangaço Junino

19h40 – Cristão Matuto

20h20 – Nordeste Junino

21h – Coração Matuto

21h40 – Padre Piná

22h20 – Nação Junina

Dia 24/6 (domingo)

Pavilhão de quadrilhas juninas

Categoria Quadrilha tradicional

17h40 – Arraiá Renascer (Natal)

18h20 – Paixão Matuta

19h – Espaia Brasa

19h40 – Cá cum Nóis

20h20 – Nova Geração

21h – Relaxa que Encaixa

21h40 – Eita Danado

22h20 – Junina Sertão

22.06.2018 | Geral Governo reforça segurança em São Miguel com novos equipamentos

A população de São Miguel, no Alto Oeste Potiguar, está com a segurança pública reforçada. A cidade recebeu do Governo do Estado, na noite desta quinta-feira, 22, uma base móvel, van equipada para apoiar o policiamento e atuar em eventos que reúnem multidões.

“Nós sabemos que a segurança pública é um dos grandes clamores da população. E, apesar das dificuldades, trabalhamos duro nesta área. Iguais a essa, estamos entregando outras 22 bases móveis em todas as regiões do estado”, afirmou o Governador Robinson Faria.

As bases também funcionam como delegacia móvel, registrando boletins de ocorrências, facilitando o acesso da população e o trabalho das polícias militar, civil e Corpo de Bombeiros. Só nestes equipamentos, o governo estadual está investindo R$ 5,9 Milhões, com recursos do empréstimo ao Banco Mundial.

Além deste investimento, o governador Robinson Faria ainda entregou oficialmente viaturas 0km que substituirão as viaturas antigas das cidades de Venha Ver, Coronel João Pessoa, Encanto, Dr. Severiano e a própria São Miguel.

“Manter a frota renovada é dar agilidade e condições de trabalho aos policiais. Esse investimento reflete diretamente no atendimento à população”, destacou o governador.

Acompanharam a agenda em São Miguel, o deputado estadual Galeno Torquato, o prefeito Gaudêncio Torquato e a secretaria estadual da Segurança, Sheila Freitas, entre outras autoridades da região.

Mais investimentos

O governador Robinson Faria ainda fez o anúncio de novos investimentos para a cidade. Ainda este ano, afirmou, será entregue uma Central do Cidadão moderna em São Miguel. Também terá convênio para o hospital, no valor de R$ 400 mil.

“Vamos também liberar para a sede do município o asfaltamento de 14 ruas. Todo o centro de São Miguel vai ser asfaltado”, acrescentou.

Prestação de contas

O governador lembrou algumas ações que trouxe a São Miguel, como o Restaurante Popular, que oferece 300 refeições diárias pelo valor simbólico de R$ 1. Ainda falou do investimento no programa de carros-pipa para não faltar água no município, e na implantação do Centro de Abastecimento da Emater. Na segurança, afirmou, já se somam quatro automóveis novos para a cidade. “Somando tudo, o nosso governo investiu mais de R$ 10 milhões. Nosso governo demonstrou o carinho, o respeito e a amizade ao povo desta cidade”.

21.06.2018 | Geral Detran realiza em Assú leilão com 262 lotes de veículos apreendidos

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa nesta quinta-feira (21), 262 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes estão nos pátios do Detran das cidades de Natal, Mossoró, Assú e Pau do Ferros e compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata. O leilão acontece a partir das 10h, no Espaço Kézia Veras, situado na Rua Dr. Antônio Basílio Quaresma, 77, na cidade de Assú.

Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa. A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico: http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.

O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,90% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.

Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2018. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar a baixa da sucata e baixa de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, explicou que os leilões contribuem para evitar a lotação dos pátios de veículos apreendidos pelo Detran em todo Estado. “Com essa iniciativa o Governo do Estado mantém controlado o fluxo de entrada e saída de veículos nos pátios do Órgão, evitando a superlotação e problemas de saúde pública com o acúmulo de água de chuva em automóveis sucateados”, comentou.

O valor arrecadado com os arremates deve ser utilizado para custeio com a realização do leilão, despesas de remoção e pátio, para pagar impostos atrasados e multas, e se houver saldo remanescente será repassado ao proprietário. O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link:http://www.lancecertoleiloes.com.br/leilao/210618VE.

21.06.2018 | Geral Câmara Municipal discute situação dos carroceiros em Natal

A Frente Parlamentar em Defesa da Gestão Pública da Câmara Municipal de Natal (CMN) realizou uma reunião na tarde desta quinta-feira (21) para discutir a situação dos carroceiros de Natal durante a prorrogação do decreto que pretende retirar as carroãs das ruas de Natal. A reunião presidida pelo vereador Dinarte Torres (PMB) teve a participação de carroceiros, representantes da Prefeitura do Natal e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
Desde o dia 31 de maio, o Decreto 6.677 estava em vigor obrigando a retirada de todos os veículos de tração animal das ruas de Natal. Contudo, o parlamentar contou que, como o decreto foi adiato por mais um ano, foi necessário o debate para discutir os direitos dos carroceiros para que eles possam se organizar para acabar com a tração animal das carroças.
“Nós começamos a discutir essa problemática desde o ano passado e, graças a Deus, o prefeito revogou o decreto e que eles vão ter mais um ano para se organizar. Se a Semtas não conseguir criar uma alternativa para os carroceiros nós vamos continuar brigando para que eles continuem nas ruas, porque essa é a fonte de renda dessas pessoas. Elas trabalham todos os dias para por o pão de cada dia na mesa de casa”, disse.
A diretora do Departamento de Qualificação Profissional da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), Margarete Pereira, explicou que a pasta já tem trabalhado na elaboração de um projeto para tentar solucionar o problema, mas adiantou que a problemática é complexa e que os desafios são grandes.
“Nós já temos um projeto que não vamos adiantar muitas informações porque ele ainda está em análise e pode-se criar uma expectativa frustada lá na frente, se não for aprovado. Porém, a Semtas atua na qualificação profissional, na intermediação da mão de obra e no empreendedorismo. Essas pessoas são empreendedores natos. O que precisa é resolver essa questão de qual o transporte será utilizado e se regualemtanr como empreendedor”, disse.
Um dos grandes problemas é o que fazer com os carroceiros após retirá-los das ruas. A Semtas tem sido o principal órgão envolvido nos debates, mas a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) também tem acompanhado os debates por causa dos animais. Leonardo Almeida, supervisor de Fiscalização Ambiental da Semurn, lembrou que um dos grandes problemas dos carroceiros diz respeito aos maus tratos provocados nos animais responsáveis por fazer a tração das carroças. Ele, contudo, ponderou que para que seja encontrada uma solução, é necessária a destinação de recursos na Lei Oramentária Anual (LOA).
“A solução do problema nao é fácil. Nada do que a gente discutir aqui será verdadeiramente efetivo se no oramento não for previsoto isso. Estou na Prefeitura há 13 anos e sei como são as dificuldades. como é que eu vou implementar uma política pública que está só no papel? Não vai pra canto nenhum. Vale lembrar também que o problema também atinge a questão dos maus tratos que precisa ser debatida”, alertou.
Pelos dados da Prefeitura do Natal vários são os relatos de animais encontrados e recolhidos nas ruas com sintomas de desidratação, de desnutrição, de sinais de espancamento e até com as patas quebradas.
A própria Associação dos Carroceiros de Natal reconhece a existência de maus tratos. De acordo com o presidente Adriano de Brito, por iniciativa da própria Associação, as carroças foram padronizadas, numeradas e, em breve, terão carroceiros uniformizados, inclusive com números para denúncias.
“Estamos fazendo isso por conta própria. Esse é um trabalho que deveria ser feito pela Prefeitura. São mais de duas mil carroças. Se não fizermos isso que é que vai fazer? Estamos fazendo isso porque recebemos denúncias de carroceiros que estavam fazendo coisas erradas e, assim, podemos motrar que não somos nós”, disse.
Adriano de Brito ainda destacou que a prorrogação foi importante porque, pela primeira vez, vai permitir que os carroceiros participem dos debates. Até a publicação do último decreto, a associação nunca tinha sido convidada à participar dos debates.
“As nossas carroças são o nosso ganha pão. O que iria ser desses pais de família daquele dia em diante? Agora precisamos discutir o que vai ser feito. Se for retirado o animal, tem que ser discutido o melhor transporte. Temos idosos que não conseguem andar de bicicleta, cerca de 90% dos carroceiros são analfabetos, não temos INSS. Estamos de portas abertas para dialogar”, avisou.
Enter os encaminhamentos dados pela Frente, segundo o vereador, estão a defesa de projetos já apresentados como fazer com que os carroceiros realizem passeios turísticos levando visitantes da praia da Redinha até o Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu, em Extremoz, e ainda a autorização para que as carroças circulem dentro das pequenas comunidades, longe de vias de grande circulação. O vereador Dinarte também garantiu que os carroceiros participaram de todos os debates até a nova entrada em vigor do Decreto, em 1º de junho de 2019.

21.06.2018 | Geral Chefe de organização criminosa é preso pelo Bope após denúncia ao MPRN

Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) prenderam um foragido após informação encaminhada ao Disque Denúncia 127 do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Jonh Everton da Silva Martins, conhecido como “Mano Braw”, foi preso nesta quinta-feira (21) com uma arma de calibre 12, no bairro Jardim Aeroporto, em Parnamirim. Ele é apontado como chefe de uma organização criminosa na comunidade da Baixa, em Macaíba.
Mano Braw é foragido da Justiça e tem um mandado de prisão para o cumprimento de pena em regime fechado por 10 anos e 6 meses, pelos crimes de roubo, tráfico e corrupção de menores.
127
O Disque Denúncia 127 é um canal direto do MPRN para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.
Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

21.06.2018 | Geral Governo antecipa entrega da reforma do teatro Lauro Monte Filho

Boa notícia para o setor cultural de Mossoró: a reforma do Teatro Lauro Monte Filho, um dos principais equipamentos públicos da cidade, será entregue pelo Governo do Estado antes do prazo, em outubro deste ano.

Localizado na Praça Vigário Antônio Joaquim, no Centro de Mossoró, o prédio está recebendo um investimento de R$ 5 milhões que vai recuperar a sua estrutura física e equipamentos como iluminação, cenários, cadeiras, camarotes e sistema de refrigeração.

O cronograma das obras previa a conclusão para abril de 2019. Mas o governador Robinson Faria solicitou agilidade às obras e a construtora responsável se comprometeu a adiantar os serviços e entregar o serviço no próximo mês de outubro.

O Teatro estava fechado há 8 anos, em avançado processo de deterioração servindo de abrigo para pombos, ratos e morcegos. “Agora nossa administração está recuperando o prédio e reequipando esta casa de cultura que é de grande importância para Mossoró e para o Rio Grande do Norte na valorização da nossa identidade cultural”, afirmou o governador Robinson Faria em visita às obras nesta sexta-feira, 21.

Robinson Faria acrescentou que a reforma “é uma reivindicação não só da classe artística de Mossoró, mas de toda a população que passará a ter um teatro moderno, bem equipado e com conforto para a apresentação de espetáculos e para atividades culturais e de lazer”.

ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias