11.07.2018 | Geral Agripino vai ao Ministério da Integração e pede soluções urgentes para as enchentes em Touros

Desde o início de julho, população sofre com as consequências das fortes chuvas

Durante reunião da bancada federal do Rio Grande do Norte no Ministério da Integração Nacional, nesta quarta-feira (11), o senador José Agripino (RN) disse que conversará com o prefeito de Touros (RN), Assis do Hospital, para que o município elabore um decreto de situação de emergência o mais rápido possível e emita ao governo federal. O objetivo, segundo o senador, é agilizar o envio de socorro para as vítimas das enchentes que atingem a cidade desde o início de julho.

“As famílias perderam tudo o que tinham. É preciso que façamos algo e é por isso que eu vou pedir ao prefeito de Touros que elabore esse decreto para que a Defesa Civil leve ajuda a todos do município o mais rápido possível”, disse o senador potiguar. “Touros tem minha inteira solidariedade”, acrescentou. A reunião foi solicitada pelo coordenador da bancada, deputado Felipe Maia (DEM).

De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), desde o dia 6 de julho, choveu 352,83 mm na região, com previsão de mais chuvas. Segundo dados da própria prefeitura, quase oito mil pessoas foram afetadas direta e indiretamente pelas enchentes.

Barragem de Oiticica

Outro assunto debatido durante o encontro no Ministério da Integração foi a conclusão da barragem de Oiticica. De acordo com o ministro Antônio de Pádua Andrade, dos R$ 239 milhões liberados pelo governo federal, R$ 132 milhões já estão garantidos: R$ 76 milhões de restos a pagar e outros R$ 56 milhões que virão da emenda de bancada impositiva do RN. O restante dos recursos sairá do próprio ministério. “Essa obra terá continuidade. É uma grande vitória para todos aqueles que serão beneficiados por essa barragem”, destacou o senador.

Além de Agripino e do deputado Felipe, participaram da reunião a senadora Fátima Bezerra (PT); os deputados Zenaide Maia (PHS), Antonio Jácome (PODE) e Walter Alves (MDB).

ÚLTIMA EDIÇÃO
INSTAGRAM
  • Categorias